A vida sem ti

Na vida sem ti a noite nunca é amável. Na vida sem ti todo o movimento é ruído. Todos os livros são tinta, toda a comida é celofane, toda a música tem duas notas (e uma desafinada), todas as conversas são conversa de taxista. Só mesmo o sarcasmo chama «vida» a esta vida sem ti.

Pedro Mexia, Estado Civil

Sem comentários

Enviar um comentário