Todas as estrelas do mundo

Hoje, no ípsilon, há um texto meu sobre Nove Histórias, de J. D. Salinger. Vem apetrechado de cinco estrelas, claro, porque não há outra forma de classificar um dos melhores livros de sempre e porque não me deixam dar mais. Merecia todas as estrelas do mundo. Já o podem ler no conforto do vosso lar, clicando aqui.

Sem comentários

Enviar um comentário