Num sítio qualquer

Não sei como escolho os locais em que entro numa cidade estrangeira. Por um lado, sou muito esquisito e passo horas a andar pelas ruas e vielas antes de me decidir; por outro, acabo quase sempre por entrar num sítio qualquer e comer ali, num ambiente desagradável e com uma sensação de desconforto, um prato que nada tem que o recomende.

Vertigens. Impressões, W. G. Sebald

Sem comentários

Enviar um comentário